sexta-feira, 9 de julho de 2010

Felicidade Feminina

Postado por Ela Hoje às 12:30
Reações: 
Desde 1972, ano após ano, um percentual cada vez maior de mulheres se diz infeliz com a própria vida, enquanto um número cada vez maior de homens se diz feliz com a deles.
A revista época publicou que nos anos 60 as mulheres eram mais felizes e esperançosas que os homens, agora verificamos que a situação se inverteu.
Pode ser que a revolução dos costumes tenha traído as mulheres, como sugere Michel Houllebecq, escritor francês de péssima reputação entre as mulheres.
Vemos hoje mulheres bem-sucedidas e livres que tocam suas vidas sem se lixar para preconceitos e para a tutela dos homens, criam seus filhos de forma não convencional, têm maridos, mas nunca são prisioneiras de casamentos e estão no controle das próprias vidas, têm dinheiro, prestígio social e familiar e – não menos importante – estão acompanhadas. Essas mulheres hoje têm 50 e 60 anos, são filhas da geração dos anos 60.
Hoje podemos dizer que parte dos problemas femininos se deve ao comportamento dos homens. Agora os homens vão embora e frequentemente deixam às mulheres a tarefa de criar os filhos e está tudo bem. 
Vemos hoje que a obrigação essencial de cada um é com a própria felicidade. A noção de dever e de obrigação vai se perdendo até não significar coisa nenhuma.

Sou a favor de uma sociedade mais justa, que preze os valores e princípios humanos, casais que busquem acima de tudo equalizar as necessidades e expectativas de ambos com relacionamentos mais estáveis, saudáveis, conciliando entre o tradicional e o moderno ...

0 comentários:

Postar um comentário

 

ELA HOJE Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare