domingo, 29 de agosto de 2010

Errou no trabalho?

Postado por Ela Hoje às 21:36
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem
Primeira atitude que você deve ter ao errar é assumir o que fez. Por isso, nada de culpar colegas, chefe, clientes ou fornecedores.
Erros e acertos fazem parte da carreira de qualquer profissional. Lidar com o sucesso não requer muito esforço por parte do profissional. Entretanto, para saber lidar com os erros, é necessário estar preparada.
Nós mulheres temos a tendência de sermos mais sentimentais e frágeis, ficamos durante horas e horas pensando como erramos, e na maioria das vezes nos fazemos a seguinte pergunta: - Como eu pude fazer uma coisa dessas? E simplesmente vem vários devaneios que não nos levam a lugar algum.
 No entanto deveríamos nos  fazer a seguinte pergunta: - Porque ele (a) errou?: O ideal é aprendermos com os erros dos outros, devemos aprender a questionar porque aquela pessoa errou, para que isso nos sirva de lição e que não venhamos mais a errar.
Mas, se infelizmente o erro for seu, chame a responsabilidade para si, quem admite ter errado é considerado um profissional com mais maturidade e verdadeiro. Mas não basta somente reconhecer o problema. Sugerir soluções e colocar-se à disposição para ajudar é fundamental.


Segue abaixo, resumidamente, os dez erros principais no trabalho extraído do Info Online, reflita e lembre-se: Aprenda com os erros dos outros.
1- Brincar na hora errada e abusar dos privilégios;
2- A falta de bom senso;
3- Falta de comportamento profissional;
(Ex:Não saber trabalhar em equipe e respeitar colegas)
4- Pouco respeito à hierarquia;
5- Brincadeiras fora de hora;
6- Uso abusivo da internet/ telefone ;
7- Falta de flexibilidade;
8- Não agir de acordo com a filosofia da empresa;
9- Chegar atrasado;
10 - Mentir;

"Conflitos acumulados podem se agravar. Qualquer tipo de problema referente ao trabalho, dúvida sobre decisões, responsabilidades que não foram bem entendidas, alguém que ficou magoado com outro por algum motivo, enfim, qualquer tipo de desconforto deve ser esclarecido para evitar a discórdia no ambiente. O funcionário deve conversar para resolver o assunto, caso contrário, isso poderá gerar antipatia, fofoca com outros colaboradores e um clima péssimo para toda a equipe". Beatriz Maria Braga Lacombe - professora de gestão de pessoas da FGV (Fundação Getúlio Vargas), em São Paulo

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Sua Comunicação Interpessoal é eficaz?

Postado por Ela Hoje às 21:00
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem

A comunicação interpessoal eficaz é um método de comunicação que promove a troca de informações entre as pessoas. Está ligada a inteligência interpessoal e se manifesta na sua forma mais avançada, como a habilidade para perceber intenções e desejos de outras pessoas e para reagir apropriadamente a partir dessa percepção. Significa ter sensibilidade para o sentido de expressões faciais, voz, gestos e posturas de habilidade para responder de forma adequada às situações interpessoais.
A Comunicação Interpessoal, é muito valorizada no mundo corporativo hoje.
Sabemos que cada interlocutor (Pessoa que toma parte da conversação) troca informações baseadas em seu contexto cultural, vivências e emoções.
Para então minimizar esta diferenciação de conceitos culturais foi criando ao longo do tempo meios de múltiplas utilizações que passam a ser usados pelas pessoas na comunicação interpessoal.
Vale ressaltar que na comunicação interpessoal é de suma importância que exista preocupação dos interlocutores para que as informações sejam processadas, o sucesso na comunicação não depende só de como é transmitida e sim como ela é aceita pois é válido lembrar que vivemos em uma sociedade de cultura diversificada e o que as vezes parece estar sendo óbvio não é.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Dicas para uma Comunicação Assertiva

Postado por Ela Hoje às 21:00
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem

Veja as dicas básicas para uma Comunicação Assertiva:

a) Conhecimento - Saiba o que vai falar, antes de sair proferindo palavras e gestos. Pessoas que insistem no "eu acho" tornam-se desacreditadas em pouco tempo. Fale sobre o que você sabe ou tem experiência, mesmo quando for uma opinião.
b) Seja direto - Pessoas que falam, falam, mas não dizem nada, ou simplesmente enrolam também tornam-se péssimos comunicadores. O cuidado é para não ser agressivo. Esta é a diferença entre assertividade e agressividade. A comunicação assertiva é direta ao ponto, sem rodeios, enquanto o agressivo faz julgamento de valor, ataca, impõe suas idéias e informações.
c) Cuide da Linguagem - Uma das falhas mais comuns na comunicação do dia-a-dia é falar e escrever sem os devidos cuidados com o idioma. Na comunicação falada já é difícil de ouvir determinados erros de linguagem, mas na comunicação escrita é pior ainda. Cuidado.
d) Use a empatia - Procure se colocar no lugar do outro. Será que a outra pessoa está entendo o que você comunica? Será que você está tagarelando sem deixar os demais também se comunicarem? Enfim, faça o exercício de pensar como seria estar do outro lado enquanto você se comunica.
e) Linguagem Corporal - preste atenção a linguagem corporal. Como sabemos a comunicação é feia basicamente da linguagem falada (escrita e oral) e a corporal. Muitas pessoas não prestam atenção a própria gesticulação e a do outro. Fique atento. Existem diversos sinais que demonstram se a conversa está agradável ou chata. Pesquise a respeito e presta atenção na reação das outras pessoas enquanto se comunica.
Para uma boa comunicação é preciso auto-crítica e uma boa dose de treino. Preste atenção aos outros para aprimorar sua própria maneira de se comunicar.

Qual sua dica para uma comunicação assertiva?

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Comunicação Assertiva

Postado por Ela Hoje às 22:24
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem

A assertividade é um conceito que se bem apreendido, pode facilitar sobremaneira esse complexo processo que é a comunicação falada.
A assertividade é definida como auto-expressão por meio da qual a pessoa manifesta o que sente e pensa, defendendo seus direitos humanos básicos sem desrespeitar os direitos básicos dos outros.
Na comunicação humana, tanto o comportamento não-assertivo quanto o agressivo raramente ajudam as pessoas a conseguirem o que querem ou a fazerem com que os outros saibam o que sentem e precisam.
A pessoa não-assertiva (muitas vezes percebida como submissa ou passiva) frequentemente não se manifesta por pensar que o que tem a dizer não é importante ou pode trazer-lhe consequências negativas.
A pessoa agressiva acaba perdendo negócios, clientes e amigos, pois sua comunicação gera ressentimentos e hostilidade.
Já a pessoa assertiva, pode expressar discordância e insatisfação, mas, ao fazê-lo, direciona esses sentimentos ao comportamento ou questão – não à pessoa – e, sem constrangimento ou ansiedade; faz com que esta saiba exatamente o que deseja ou precisa sem tentar dominar, humilhar ou insultar.
Você pode desenvolver a  habilidade de dar respostas assertivas e honestas, que sejam adequadas à cultura, à situação e às outras pessoas envolvidas; desenvolver segurança e confiança nos relacionamentos é a questão central.
Veja na próxima publicação: Dicas de uma Comunicação Assertiva.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Linguagem corporativa

Postado por Ela Hoje às 21:52
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem
                                

Dominar os termos técnicos da profissão é visto como um processo natural e necessário no meio corporativo. O profissional deve se preocupar em trazer estes termos para o segmento que atua , pois é importante conhecer para não passar vergonha ou parecer um profissional desatualizado.
Alguém que trabalhe no mercado financeiro terá um vocabulário diferente de alguém que trabalha em qualidade ou marketing, por exemplo. O profissional tem obrigação de dominar os termos relacionados à sua área, em especial aqueles em outros idiomas.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Persuasão e Retórica

Postado por Ela Hoje às 22:22
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem

Através do nosso poder de persuasão e retórica podemos verificar a nossa capacidade de expressão verbal e a influência que o nosso discurso pode exercer sobre nossos ouvintes; para isso é importante sabermos utilizá-las corretamente.
Persuadir é gênero e compreende três espécies, três modos de persuadir, a saber: convencer, comover e agradar. Cícero chama de "Tria officia". A primeira se diz lógica, a segunda afetiva, a terceira estética.
Convencer vem de "cum + vincere" = vencer o opositor com sua participação. E tecnicamente denota persuadir a mente através de provas lógicas: indutivas (exemplos) ou dedutivas (argumentos). Assemelha-se ao docere (ensinar), que é a tentativa de persuasão partidária no domínio intelectual.
Comover vem de cum + movere persuadir através do coração. Pela excitação da afetividade, a vontade arrasta o intelecto a aderir ao ponto de vista do orador. Ethos (moral) é usar um grau de intensidade mais suave. Movere (mover) é intensidade mais violenta, correspondendo ao pathos (paixão).
Agradar corresponde na terminologia latina a "placere" = agradar. Delectare (deleitar) é a persuasão no domínio afetivo. (Tringale, 1988)
Agora que aprendemos um pouco sobre o conhecimento de cada palavra e aprofundamento teórico, vamos a prática, como fazemos no dia a dia para persuadimos as pessoas.
O pressuposto básico da persuasão é o amplificatio (amplificação). O nosso discurso deve ampliar-se nas pessoas que nos ouvem. É como "captar as suas mentes" para aquilo que queremos modificar. A veiculação de nossas palavras é uma tentativa de mostrar que temos o conhecimento da verdade e queremos outros partidários.

Qual é o seu canal de comunicação predominante ?

Postado por Ela Hoje às 14:00
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem
Então responda o teste abaixo.
Teste - Canais de Comunicação: Responda, sem pensar as questões propostas a seguir atribuindo a elas valores 5, 3, 1 e 0 conforme frequências

( 5 ) - Sempre ajo assim
( 3 ) - Frequentemente ajo assim
( 1 ) - Algumas vezes ajo assim
( 0 ) - Nunca ajo assim

Coloque um valor para cada resposta.
1) Gosto de seguir entrevistas pelo rádio e pela televisão.

sábado, 14 de agosto de 2010

O sucesso na comunicação

Postado por Ela Hoje às 00:48
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem

Quanto mais objetiva e baseada em critérios imparciais for a mensagem, melhor será a resposta obtida!
Nos comunicamos de diversas formas: através de palavras, olhares, gestos,etc. Até mesmo quando não fazemos nada estamos nos comunicando através da não comunicação.
Existe um pressuposto muito utilizado na Programação Neurolinguística : O resultado da comunicação é de responsabilidade do emissor, um outro ponto não menos importante  é o entendimento de como o receptor recebe as mensagens, o qual é nossso ponto de reflexão.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Educação Corporativa – Treinamento e Desenvolvimento

Postado por Ela Hoje às 22:45
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem
Hoje as áreas de treinamento e desenvolvimento estão passando por uma grande transformação no ambiente corporativo.
O objetivo de treinar e desenvolver profissionais dentro dos seus cargos está evoluindo para um conceito moderno, onde as práticas de treinar passam a ser focadas em educar, mas educar de maneira sistêmica e estratégica.
O ensino dentro das empresas está assumindo uma postura de educação estratégica, focada nos valores, na cultura, nos objetivos empresariais, buscando não apenas um melhor desempenho dentro dos cargos, mas uma maneira de incentivar a criatividade, inovação e de qualificar constantemente os envolvidos no negócio.

Atitudes que fazem você perder o emprego

Postado por Ela Hoje às 00:03
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem
           
Embora os ambientes profissionais estejam bem mais descontraídos e alguns comportamentos que eram mal vistos anteriormente já sejam aceitos, é preciso ter cautela. O importante é nunca esquecer de ser profissional e não "estar" profissional por algum período de tempo. 

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Etiqueta corporativa

Postado por Ela Hoje às 21:33
Reações: 
1 comentários Links para esta postagem

No mundo moderno é imprescindível que as pessoas tenham o bom senso de avaliar as normas de etiquetas como uma questão básica de educação e boa conduta, as quais atuam como norteador em todas às situações, seja no âmbito social ou profissional; afinal de contas faz muito tempo que as regras de etiqueta deixaram de figurar apenas como “bons modos”.
Fazer do celular um instrumento de tortura ao próximo, exagerar na excentricidade, fazer fofocas, privilegiar somente a si mesmo, ignorar a percepção do outro, pode comprometer sua imagem pessoal e profissional e trazer consequências danosas à sua credibilidade.

O solteirismo, um problema mundial

Postado por Ela Hoje às 00:09
Reações: 
1 comentários Links para esta postagem

Casamento e solteirismo podem ser assuntos pessoais, mas estão dando margem para pesquisas e reportagens especiais na mídia do mundo todo. As estatísticas não são nada animadoras. Em Cingapura, o centro financeiro da Asia, de cada 100 mulheres de nível universitário, 40 nunca se casarão. É uma projeção não somente atribuída ao destino cruel, mas sobretudo porque as mulheres asiáticas que estudaram o 3o grau, graças a política do governo e hoje possuem uma promissora carreira profissional, não querem continuar a tradição de se casarem para ser submissas ao marido tal como suas antepassadas mães e avós. Essas mulheres independentes se dizem mais felizes com suas carreiras profissionais do que se tivessem vivendo um casamento problemático.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Mulher e tecnologia

Postado por Ela Hoje às 11:22
Reações: 
0 comentários Links para esta postagem
Mrissa Ann Mayer
 Mulher mais poderosa do mundo da tecnologia
Eu sempre amei tecnologia, mas nunca fui uma pessoa de Ciências Exatas, era ruinzinha em matemática e áreas afins, mas tudo começou a melhorar após eu ter casado com um profissional da área de Tecnologia, rs.
Pesquisando no meu melhor amigo google descobri o site:Women’s College Coalition , o qual discute sobrea importância de estimular as meninas a gostarem de tecnologias e ciências exatas.
Tenho uma filha de quase três anos de idade e ela já é familiarizada com o assunto, já participa da era tecnológica.  
Da última década pra cá, muitas coisas mudaram, mas ainda temos um longo caminho pela frente, hoje vemos várias mulheres desenvolvendo seus blogs, mexendo em imagens, produzindo e disponibilizando informação com suas próprias palavras e recursos.
 

ELA HOJE Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare